ESCÂNDALO NACIONAL

Publicado em Quarta, 07 Dezembro 2016 13:13
Acessos: 1691

RIBEIRÃO PRETO - A JUSTIÇA TARDA MAS NÃO FALHA 

 

NOTA DO EDITOR: Enfim a Justiça esta começando a ser feita. A cidade de Ribeirão Preto um dos berços dos falsos condomínios foi tomada de assalto por meliantes que se valiam do golpe, para criar fechar bairros e loteamentos urbanos e assim fizeram fortunas com a desgraça alheia. 

 

 

 

Vivemos em tempos onde Cristão come Leão já dizia o especialista Dr. Roberto Mafulde em palestra realizada na OAB de Ribeirão Preto. Assim, Defesa Popular trouxe aos moradores de Ribeirão Preto o conhecimento dos crimes praticados por autoridades onde se instituiu o grande estelionato naquela cidade.

A Prefeita e o Presidente da câmara em conluio criaram meios legais de proteger as associações de moradores que se desviaram de suas atribuições institucionais e se valiam do esquema dos falsos condomínios. 

Muitas autoridades participes deste golpe de fechar bairros e cobrar taxas, viram a oportunidade, onde os meliantes e a Prefeita à época, hoje presa, só cobrava o IPTU dos moradores de bairros urbanos e nada fazia ou prestava em troca dos impostos recolhidos. 

Não menos criminoso foi o fato de que, a prefeitura em conluio com políticos tendo em vista as fortunas amealhadas com a criação dos falsos condomínios idealizaram a criação de uma lei para legalizar o crime e amparar a cobrança judicial de taxas impositivas.

Além disso, os braços da organização criminosa alcançaram o poder de uma forma geral, pudemos constatar decisões judiciais onde as associações eram beneficiadas em milhares de reais, realização de acordos vultuosos, leilões de imóveis impenhoráveis, autoridades agindo em má-fé e dolo algumas donas de loteamentos, decisões judiciais favorecendo as associações superfaturamento de pseudos serviços e por ai em diante.

Assim, a Defesa Popular atuando de forma determinada trouxe à sociedade de Ribeirão Preto a consciência sobre este crime e através do advogado especialista Dr. Roberto Mafulde os moradores conquistaram as primeiras vitórias contra as associações que falsamente se passavam judicialmente por condomínios.  

A prefeita a época não quis receber o MP nem a Defesa Popular e dar atenção ao fato de que as associações estavam se apossando dos espaços públicos e sitiando os moradores de bairros urbanos o que mais tarde apurou-se a conivência inclusive com o presidente da Câmara Municipal. 

Porém verificando que corriam risco os meliantes em conivência com as autoridades incentivaram o maior escândalo politico já visto, quando o presidente da Câmara dos Vereadores "simulou" a votação popular de uma lei obrigando os moradores a pagar taxas.

O resto da história todos conhecem como o que ocorria no bairro urbano Recreio Internacional, bairro sitiado e comandado por autoridades e milícias. Acreditamos que se a Prefeita hoje presa, estava envolvida em esquemas de propinas e muito dinheiro por que não investigar os políticos e as autoridades que articularam o grande golpe criando leis para enganar o cidadão de Ribeirão Preto e permitir que roubassem os moradores e permitindo ao final que os políticos embolsassem os impostos sem nada prestar aos cidadão em franco ato de prevaricação e lesa-pátria.

A prova da Patifaria foi registrada em Vídeo. confira.